Já conheces o eBook que o Palco Principal está a oferecer? Descarrega-o aqui!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Bons Sons 2016 com cartaz imperdível Sabe mais, aqui
 
2016-07-26 06:25 inserido por Palco Principal

Os 10 anos de Bons Sons fazem-se com o olhar posto no futuro: lembrando o legado musical, fazendo uso das influências do presente e espreitando os novos caminhos da música portuguesa. Estar no Bons Sons é fazer parte da história.

Durante quatro dias, o festival toma conta da aldeia de Cem Soldos com sons diversos distribuídos por vários palcos integrados na aldeia - Palco Lopes-Graça, Palco Eira, Palco Giacometti, Palco Aguardela, Palco Tarde ao Sol, Palco MPAGDP e Auditório - e um alargado programa, que promete.

O festival começa logo na noite de 11 de agosto, com Quem és tu, Laura Santos?, simultaneamente uma pergunta intrigante e o nome da atuação que irá receber os primeiros visitantes do Bons Sons. A festa começa com êxitos selecionados que se estendem da radiofonia dos anos 60 aos (in)sucessos contemporâneos.

Já no primeiro dia oficial do festival (dia 12), teremos Danças Ocultas & Orquestra Filarmonia das Beiras, Kumpania Algazarra, Best Youth, Sensible Soccers, Pega Monstro, Birds Are Indie, Cláudia Duarte, indignu [lat.], Alentejo Cantado, João e a Sombra e Luís Antero.

No dia 13, irão subir aos palcos de Cem Soldos Cristina Branco, Deolinda, LODO, Da Chick, Grutera, Lavoisier, DJ Lilocox + Niagara + Puto Márcio, Few Fingers, Adufeiras do Paúl, Madalena Palmeirim e Vera Mantero.

No terceiro dia (dia 14), vamos poder ver e ouvir Carminho, Fandango, Keep Razors Sharp, White Haus, Dear Telephone, Isaura, Branko + Dotorado Pro + Rastronaut, Tim Tim por Tim Tum, Os Tunos, Tiago Pereira, Bonecos e Campaniça e André Barros.

O último dia de Bons Sons vai trazer-nos o incontornável Jorge Palma e ainda Sopa de Pedra, Les Crazy Coconuts, D'Alva, Golden Slumbers, Lula Pena, TochaPestana + DJ Rubi Tocha, Desbundixie, Flak, Diego Armés e Joana Sá.

Além dos concertos, haverá uma feira de artesãos, exposições de arte e arquitetura, área de restauração e inúmeras outras atividades que irão animar as ruas, praças e largos de Cem Soldos. É aliás o próprio perímetro desta aldeia de Tomar que define os limites do recinto, colocando todos os serviços necessários à disposição dos visitantes e convidando-os a viver a aldeia. Vir ao Bons Sons é conhecer os habitantes e partilhar os lugares e tradições locais, enquanto se usufrui do festival.

Os bilhetes, à venda nos locais habituais, têm um preço de € 38, para o Passe de 4 dias, e de € 17, para o Bilhete diário.

 

Comentários






Segue-nos no Facebook!

 





Ver mais notícias